Quem é o Movimento AMPLIA?

Buscar:

Categorias:

Quem é o Movimento AMPLIA?

O Movimento AMPLIA é formado por jovens que tiveram suas vidas transformadas pela educação. 

Somos um grupo de pessoas de diversas áreas do conhecimento – ciências sociais, relações internacionais, artes, tecnologia – com um objetivo em comum: remover as barreiras que impedem que jovens entrem na universidade.

Surgimos de forma bastante espontânea, a partir da indignação com a violência racista no Brasil e no mundo. Em meio à pandemia, em isolamento, queríamos fazer algo que ajudasse outras pessoas, mesmo em casa. Vimos uma campanha para pagar o vestibular para quem precisa e um de nossos fundadores fez uma postagem no Instagram, na intenção de apoiar seus estudantes e mobilizar colegas professores/as. 

As redes sociais nos mostraram seu poder: em 3 dias recebemos mais de 50 mil pessoas que queriam fazer sua parte e apoiar jovens de baixa renda a fazer a prova do Enem!

Vimos que tínhamos muito trabalho a ser feito quando as aulas remotas se estenderam e um grande número de estudantes não tinha acesso à internet ou equipamentos eletrônicos para estudar, o que se tornou uma necessidade urgente.

Com isso criamos o projeto AMPLIA Tecs, em que compramos e doamos tablets para estudantes em situação de vulnerabilidade em todo o Brasil. Já doamos 60 dispositivos e queremos continuar fazendo ainda mais! Mesmo com o retorno às aulas presenciais, dispositivos digitais e internet seguem sendo uma necessidade básica para a rotina de estudos.

O retorno ao presencial trouxe novos desafios: muitos/as estudantes não estavam frequentando as aulas do cursinho pré-vestibular por não terem dinheiro para pagar a condução. Por isso, começamos a apoiar 10 estudantes da região metropolitana de São Paulo com auxílio transporte. Pretendemos ampliar o projeto e atender um número ainda maior de estudantes no próximo ano. 

Atualmente, apoiamos estudantes em campanhas de vestibular, com tablets e transporte a fim de remover as barreiras que impedem que as juventudes pretas, pardas e indígenas entrem na universidade. Trabalhamos para garantir as condições para que possam estudar e construir seu futuro através da educação.

Posts relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *